domingo, 3 de janeiro de 2016

Sentia tanto que...

Sentia tanto que, 
um dia, como quem 
cansa de brincar, 
deixei de sentir. 
Fiquei frio. 
Mas, no fundo ainda 
espero que, com o tempo, 
o amor elimine a distância 
do que eu era para 
o que sou hoje.
Frederico Elboni