segunda-feira, 6 de julho de 2015

Porque quem ama nunca sabe o que ama

Porque quem ama 
nunca sabe o que ama
Nem sabe porque ama, 
nem o que é amar 
Amar é a eterna inocência, 
E a única inocência, não pensar.
Fernando Pessoa